HM Hospitales chega a Málaga com quatro centros hospitalares

Publicidade

A sólida expansão da HM Hospitales não cessa e olha agora para o sul de Espanha depois de anunciar hoje em conferência de imprensa a expansão da sua rede de cuidados de saúde com a integração e gestão de quatro hospitais na província de Málaga. Assim, o Grupo incorpora à sua estrutura três centros históricos da capital málaga como o Hospital CHIP, que passa a se chamar Hospital HM MálagaHospital Dr. Gálvez, que a partir de agora se chama Hospital HM Galveze a Clínica del Pilar, que se torna Hospital de Dia HM El Pilar. Além disso, HM Hospitales completa seu compromisso com a província com a gestão do Hospital Santa Elena de Torremolinos, que agora passa a se chamar Hospital Internacional HM Santa Elenapela sua clara vocação e aposta no turismo de saúde.

Ele Dr. Juan Abarca Cidonpresidente da HM Hospitales, assegurou que “a estratégia de concentração de ativos é uma tendência evidente no setor privado de saúde, resposta para poder oferecer aos pacientes a melhor qualidade possível de atendimento, o melhor diagnóstico e tratamento, bem como acesso à tecnologia de ponta em saúde. Esta é a explicação para a nossa chegada a Málaga, uma província em plena atividade que se converteu num destino prioritário para as empresas de tecnologia e turismo de saúde. É estratégico que o HM Hospitales seja um player fundamental neste vibrante momento de plena expansão que Málaga vive e o fazemos herdando décadas de dedicação assistencial demonstrada em cada um desses centros”.

Publicidade

O HM Hospitales conta agora com quatro novos centros médicos que, após um período de adaptação, Eles já funcionam como sua própria rede de cuidados abrangentes, que tem os mesmos valores e filosofia; e que consiste no facto de todos os doentes da rede de cuidados do Grupo, independentemente da sua localização geográfica, receberem os mesmos cuidados, nos mesmos processos e beneficiarem de uma abordagem multidisciplinar e personalizada.

Rede Nacional

Os quatro hospitais de Málaga funcionam alinhada com a restante rede nacional de saúde da HM Hospitales em Espanha, que, além da Andaluzia, está presente na Comunidade de Madrid, Catalunha, Galiza, Castilla y León e Castilla La Mancha. Atualmente, o Grupo conta com 20 hospitais, 3 centros integrais altamente especializados em Oncologia, Cardiologia, Neurociências, 3 centros especializados em Medicina Reprodutiva, Saúde Oral e Oftalmológica, além de 23 policlínicas.

Publicidade

Da mesma forma, foi apresentado à liderança de gestão que irá gerir o HM Hospitales na área e que terá Jesus Burgos como presidente do Território do Sul, Toni Serra como diretor territorial e o Dr. José Maria Benavente como diretor médico territorial.

Publicidade

Para Burgos “a chegada do HM Hospitales é um revitalização desses hospitais históricos gerida há décadas por famílias de Málaga e que, a partir de agora, contará com os recursos e infraestruturas de uma rede hospitalar única e moderna que nos permite enfrentar o futuro com plenas garantias”.

A rede de saúde de HM Hospitales em Málaga abrange todas as especialidades médicas e reúne a experiência assistencial desses quatro centros que, a partir de agora, funcionará como um único hospital com quatro sedes. Nesse sentido, a dotação da nova rede é composta por 200 leitos, 22 salas cirúrgicas, 2 salas híbridas, 3 Emergências 24 horas, 3 UTIs (uma delas neonatal), laboratórios próprios, 550 funcionários e 400 médicos.

Além disso, possui um arsenal tecnológico de primeira linha composto por três tomografias axiais computadorizadas (TAC), duas ressonâncias magnéticas (RM), duas mamografias, 14 aparelhos de ultrassom, três salas de radiologia convencional, 2 salas de hemodinâmica e neurologia e 2 ortopantomografias.

Por seu lado, Serra garante que “a união na gestão destes quatro centros permite aspira a um projeto diferente de saúde privada em Málaga que permita uma maior proximidade a presença em zonas de destaque da cidade e da costa, o atendimento diferenciado como hospital boutique e a qualidade de um dos maiores grupos de Espanha, graças ao networking de todos os hospitais. As equipas médicas envolvidas nesta nova abordagem permitem ainda que cada centro seja altamente especializado em diversas especialidades como a Traumatologia, a Cardiologia e as Neurociências, com novos projetos que serão anunciados brevemente.”

investimento planejado

A chegada da HM Hospitales a Málaga é também acompanhada por um plano de investimentos na renovação de instalações e na aquisição de tecnologia de ponta na área da saúde que ascendeu a 15 milhões de euros. Entre outros projetos, serão ampliadas e melhoradas as Urgências, Consultas Externas e Acessibilidades do Hospital HM Málaga. Da mesma forma, será criada uma nova UTI Neonatal no Hospital HM Gálvez, e será realizada uma reforma completa da Área de Obstetrícia para maior conforto e eficiência nos partos.

O Day Hospital HM El Pilar se tornará um centro de especialidades com a criação de uma nova Área de Consultas e exames diagnósticos. No Hospital Internacional HM Santa Elena, um nova Área de Radiologia com uma nova ressonância de 1,5 Teslas, bem como um novo Hospital de Dia e uma nova área laboratorial. Será ainda instalado um TAC dentário em Medicina Dentária e será adaptada uma área específica para Oncologia Médica, bem como a renovação das Consultas Externas e das salas.

Para além da aposta na saúde e no investimento que o Grupo vai desenvolver, a rede HM Hospitales em Málaga beneficiará também de outro pilar fundamental que marca o ADN da empresa, como o firme compromisso com o ensino. Recentemente foi criada a Faculdade de Ciências da Saúde HM Hospitales da Universidade Camilo José Cela, pelo que os centros do Grupo em Málaga beneficiarão da maior rede privada de hospitais universitários de Espanha. Esta iniciativa coloca o hospital como eixo fundamental da formação universitária para que os profissionais de saúde possam desenvolver todas as vertentes da sua carreira no HM Hospitales.

A investigação é outro dos eixos em que o Grupo gira e tem ao Fundação de Pesquisa dos Hospitais HMa mais importante instituição hospitalar privada de Espanha, como o maior expoente desde que a atividade científica dos investigadores do Grupo em 2021 se estima em mais de um mil pacientes beneficiados nos 259 ensaios clínicos desenvolvidos e as 333 publicações científicas de alto impacto realizadas. Dentre eles, três se destacam no “The New England Journal of Medicine” e um na “Nature Communications”.

Você pode gostar...

Artigos populares...