Quais são os cuidados com um bebê recém-nascido?

Publicidade

O nascimento de um bebê é um momento cheio de felicidade, mas também de muitas dúvidas, principalmente quando você chega em casa com o recém-nascido e não está perto de um profissional de saúde para consultar. Aqui respondemos a algumas das perguntas mais frequentes para os novos pais.

Publicidade

1. Curar o cordão umbilical é uma das coisas que mais preocupa os pais. Como devem ser feitas as curas?

O coto umbilical costuma ser guardado entre cinco e 15 dias. Não vamos realizar uma cura como tal. Em nosso ambiente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda limpá-lo com água e sabão e secá-lo muito bem. Encontraríamos uma situação diferente em áreas onde o acesso à água e seu saneamento não é adequado. A presença do coto umbilical não contraindica a imersão do bebê na água, lembrando sempre de secá-lo muito bem. Ao limpar e secar o coto umbilical, avaliaremos se a área apresenta corrimento, mau cheiro, está vermelha ou quente. No caso de apresentar algum destes sintomas, é importante consultar o seu pediatra ou enfermeira pediátrica.

2. Com que frequência o bebê deve evacuar?

Publicidade

A frequência vai variar para cada bebê, principalmente dependendo do tipo de leite que consomem, desde uma evacuação a cada mamada ou até a cada cinco dias. Aqueles que consomem leite materno evacuam com mais frequência, mesmo uma vez por mamada. O importante sobre a frequência das fezes dentro da variabilidade é avaliar a consistência. Não podem ser fezes duras ou que causem dor, desconforto e irritabilidade ao bebê. Essa dificuldade pode causar fissuras anais, gerar medo da dor e tornar-se um círculo vicioso em que o bebê não evacua porque causa dor, levando a uma maior constipação. Embora possamos ajudar o bebê realizando massagens abdominais no sentido horário, a constipação franca pode exigir a prescrição de um laxante ou supositórios para ajudar.

Publicidade

3. O que devemos levar em conta na hora de dar banho nele?

Não é necessário dar banho no bebê diariamente. Ao contrário do que podemos pensar, tomar banho diariamente pode provocar a retirada do pH natural da pele do bebê, causando maior ressecamento. Antes de iniciar o banho, o local onde o vamos fazer deve ter uma temperatura entre os 22ºC e os 24ºC. As roupas que vão ser usadas, assim como as toalhas, serão previamente aquecidas. Usaremos uma pequena banheira e a água estará a 37ºC. Sabão neutro pode ser usado. Nunca deixaremos o bebê sozinho na banheira ou no trocador. É muito importante, uma vez realizada a toalete, secar rigorosamente o bebê, prestando atenção especial às dobras, à região genital e perianal e ao cordão umbilical.

4. E na hora de vestir, alguma recomendação especial?

O ideal é usar roupas de algodão, sem dobras ou etiquetas. Lavaremos as roupinhas do bebê com detergente de pH neutro. Não é recomendado o uso de amaciante de roupas. Recomenda-se o uso de gorro e meias se for para uma área com alguma corrente de ar, para não perder temperatura.

5. Como colocamos o bebê para dormir no berço?

A posição mais recomendada para dormir à noite ou para um cochilo, a fim de evitar a síndrome da morte súbita do lactente, é a posição supina de costas. O problema com a posição lateral é que seu bebê pode virar mais facilmente de bruços. No entanto, esta posição pode continuamente causar moldagem no formato da cabeça. É por isso que é aconselhável trocar os encostos de cabeça quando o bebê é observado.

Você pode gostar...

Artigos populares...