Médicos da Atenção Primária de Madri suspendem greve até 11 de janeiro

Publicidade

O greve por tempo indeterminado dos médicos de família e pediatras de cuidados primários em Madrid, convocada pelo sindicato dos Amyts desde 21 de novembro passado, está suspensa até 11 de janeiro, depois de “aproximar posições” do Ministério da Saúde e do comitê de greve com “uma reformulação” de dois pontos para melhorar as condições de trabalho dos profissionais.

Publicidade

O anúncio foi feito esta quinta-feira pela comissão de greve, que também garantiu que foi feita uma nova nomeação junto do Ministério da Saúde a 11 de janeiro.

Publicidade
Publicidade

O Ministério da Saúde e a comissão de greve da Atenção Básica chegaram nesta quinta-feira, na sexta reunião entre as duas partes, a um acordo que viabiliza a suspensão das greves até 11 de janeiro para consultar os progressos produzidos, informa o Ep.

Especificamente, serão analisadas e avaliadas as medidas apresentadas quanto ao aumento do valor do Cartão Individual de Saúde (população adscrita por ETI) a cada profissional da categoria e ao incentivo à cobertura de vagas no turno da tarde.

Você pode gostar...

Artigos populares...